© 2019 Cultura Premiere.

Prêmio da Música Brasileira emociona em sua 27ª edição

23/06/2016

Cerimônia teve homenagem à Gonzaguinha e emoção a flor da pele

 

por Guilherme Lima

 

Nesta quarta-feira (22), a noite no Theatro Municipal do Rio de janeiro esteve repleta de estrelas e novos nomes da música popular brasileira. Na 27ª entrega do Prêmio da Música Brasileira, com patrocínio do Banco do Brasil e transmissão ao vivo pelo canal Brasil o público pode se emocionar e ver uma bela homenagem à Gonzaguinha.

 

Daniel Gonzaga, Fernanda Gonzaga e Amora Pêra, filhos do homenageado, cantaram Redescobrir e arrancaram lágrimas da plateia. Conduzida por Dira Paes e o ator Julio Andrade, nomes como: Alcione, Seu Jorge, Ângela Ro Ro, Filipe Catto, Ney Matogrosso e Criolo, também subiram ao palco e deram voz aos sucessos do artista.

 

Entre os vencedores das 11 categorias da premiação, Zélia Duncan liderou o número de indicações e de 'estatuetas', levando três das cinco que foi indicada, sendo Melhor Canção, Melhor Álbum de Samba e Melhor Cantora de Samba.

Zélia Duncan.

 

O disco 'Dois Amigos, Um Século de Música', de Gilberto Gil e Caetano Veloso venceu a categoria de Melhor Álbum de MPB, acumulando a Veloso o prêmio de Melhor Cantor de MPB.

Caetano Veloso.

 

Na categoria 'Canção Popular' a dupla Chitãozinho e Xororó ganhou como Melhor Dupla e a banda Jamz, segunda colocada na primeira edição do reality Super Star em 2014, venceu como Melhor Grupo, na mesma categoria. Vale lembrar, que o quarteto foi indicado à 16ª edição do Grammy Latino e venceu o Prêmio Multishow na categoria Experimente, ambos ano passado, dando mais vigor a carreira dos músicos. 

 Jamz ( Gustavo Tibi, Paulinho Moreira, Will Gordon, Pepê Santos)

 

 Chitãozinho e Xororó.

 

Veja abaixo todos os vencedores:

 

Categoria: Canção popular
Melhor cantor: Roberto Carlos (‘Primeira Fila’)
Melhor álbum: ‘Do tamanho certo para o meu sorriso’, de Fafá de Belém, produtores Felipe Cordeiro e Manoel Cordeiro
Melhor grupo: Jamz (‘Insano’)
Melhor cantora: Fafá de Belém (‘Do tamanho certo para o meu sorriso’)
Melhor dupla: Chitãozinho e Xororó (‘Tom do Sertão’)

 

Categoria: Arranjador
Guinga por ‘Porto da Madama’, de Guinga

 

Categoria: Projeto Visual
Tereza Bettinardi por ‘Dancê’, de Tulipa Ruiz

 

Categoria: Especiais
Álbum em língua estrangeira: ‘Cauby Sings Nat King Cole’, de Cauby Peixoto, produtor Thiago Marques Luiz
Álbum infantil: ‘Para Ficar Com Você’, de Palavra Cantada, produtores Paulo Tatit e Sandra Peres
Álbum eletrônico: ‘Gaia Musica – vol. 1’, de Dj Tudo e Sua Gente de Todo Lugar, produtor DJ Tudo
Álbum projeto especial: ‘Café no Bule’, de Zeca Baleiro, Naná Vasconcelos e Paulo Lepetit, produtores Zeca Baleiro, Naná Vasconcelos e Paulo Lepetit
Melhor DVD: ‘Loucura – Adriana Calcanhotto canta Lupicínio Rodrigues’, de Adriana Calcanhotto, direção de Gabriela Gastal
Álbum erudito: ‘Sinfonia nº12, Uirapuru e Mandu-Çarará’, de Villa-Lobos, interpretado pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, produtor OSESP

 

Categoria: Regional
Melhor cantor: Xangai (‘Xangai’)
Melhor cantora: Elba Ramalho (‘Cordas, Gonzaga e Afins (Sagrama e Encore)’)
Melhor dupla: Almir Sater e Renato Teixeira (‘AR’)
Melhor álbum: ‘Cordas, Gonzaga e Afins (Sagrama e Encore)’, de Elba Ramalho, Produtores: Sergio Campello e Tostão Queiroga
Melhor grupo: Ilê Aiyê (‘Bonito de se Ver’)

 

Categoria: Pop/rock/reggae/hip-hop/funk

Melhor cantor: Lenine (‘Carbono’)
Melhor álbum: ‘A Mulher do Fim do Mundo’, de Elza Soares, produtor Guilherme Kastrup
Melhor grupo: Titãs (‘Nheengatu – ao vivo’)
Melhor cantora: Gal Costa (‘Estratosférica’)

 

Categoria: Melhor Canção
‘Antes Do Mundo Acabar’, de Zeca Baleiro e Zélia Duncan, intérprete Zélia Duncan (CD ‘Antes do mundo acabar’);

 

Categoria: Revelação
Simone Mazzer (‘Férias em Videotape’)

 

Categoria: Instrumental
Melhor álbum: ‘Tocata à Amizade’, de Tocata à Amizade, produtores Yamandu Costa e Rogério Caetano
Melhor solista: Hamilton de Holanda (‘Pelo Brasil’)
Melhor grupo: Tocata à Amizade (‘Tocata à Amizade’)

 

Categoria: MPB
Melhor álbum:‘Dois Amigos, um século de música’ de Caetano Veloso e Gilberto Gil, produtores Caetano Veloso e Gilberto Gil
Melhor cantor: Caetano Veloso (‘Dois Amigos, um século de música’)
Melhor cantora: Virginia Rodrigues (‘Mama Kalunga’)
Melhor grupo: Dônica (‘Continuidade dos Parques’)

 

Categoria: Samba
Melhor álbum: “Antes do mundo acabar”, de Zélia Duncan, produtora Bia Paes Leme
Melhor cantor: Alfredo Del-Penho (“Samba Sujo”)
Melhor cantora: Zélia Duncan (“Antes do mundo acabar”)
Melhor grupo: Moacyr Luz e Samba do Trabalhador (“Moacyr Luz e Samba do Trabalhador – 10 anos e outros sambas”). 

 

 

 

 

 

Fonte: Prêmio da Música Brasileira
Fotos: Divulgação

 

 

 

 

Please reload

Destaques

Clarice Falcão conduz show energizado em São Paulo

13/09/2019

1/3
Please reload

Post's Recentes
Please reload