© 2019 Cultura Premiere.

Jamz de lança CD no HSBC Brasil

10/11/2014

O show de lançamento do primeiro disco contou com a participação de Sam Alves, Izzy e Tony Gordon

 

 

 

por Guilherme Lima

 

Na noite de domingo (09/11), pessoas de todas as idades chegavam ansiosas e sorridentes a Rua Bragança Paulista. Músicos, amigos, fãs, inclusive uma personalidade de fora do país, LaVelle Smith Jr. , ex-coreógrafo de Michael Jackson compunha o público. Com vinte minutos de atraso, uma abertura instrumental dá início ao novo show da banda Jamz.

 

Um a um, conforme a batida da música, chegam ao palco e dominam seus instrumentos. Gustavo Tibi (teclado), Paulinho Moreira (Guitarra), Pepê Santos (bateria) e Willian Gordon (baixo e vocal) começam o show de lançamento de seu primeiro CD, homônimo à primeira turnê: Insano.

 

Afinados no som e com a plateia, os aplausos soam como parte da música e Get Lucky (Daft Punk) vai de encontro à canção Pra Que Parar, essa última, é inédita e está inclusa no novo trabalho. Love Never Felt So Good, música ‘póstuma’ do Rei do Pop Michael Jackson com Justin Timberlake embala todos os presentes e é muito aplaudida. O repertório foi reformulado devido ao novo projeto.

 

Essa é a segunda passagem do grupo por São Paulo, e diga-se de passagem, bem sucedida. A casa de shows HSBC Brasil estava com praticamente todos os setores cheios. Nesse show, as músicas apresentadas no reality global, pelo qual são conhecidos, se intercalam às músicas novas, com composições de Will (vocalista) , Cassiano Andrade e Gustavo Tibi.

Voz, traz Tibi no vocal principal e a roupagem da música vai de acordo com o restante do show. Will evoca aplausos a Amy Winehouse e dão play a Valerie, The Way You Make Me Feel  e Natural, que ganham gritos e aplausos contínuos.

 

A apresentação contou com participações especiais, numa pausa Willian, anuncia os primeiros convidados da noite: Tony Gordon e Izzy Gordon, respectivamente pai e tia do baixista, Gustavo chama também o produtor da banda Edu Silva, para dividir o palco e juntos rola Racional Culture, de Tim Maia e que está presente no CD. A plateia vai ao delírio com o domínio absoluto de Tony no palco e a voz marcante de Izzy.

 

Somenthing, canção gravada originalmente pelos ‘Beatles’ e responsável pela entrada do quarteto no Super Star segue no repertório, Pepê faz questão de agradecer e explicar: “Essa música nós gravamos antes do programa e foi com ela que a química maior apareceu. Resolvemos enviar o vídeo e deu certo. Deu certo é claro, graças á vocês”.

 

Após Completa, Paulinho convida a próxima participação: Sam Alves, que canta Troublemaker. Os músicos integravam a banda de Sam antes de formar a Jamz. Após serem ovacionados com o número anterior, arriscam de primeira a canção Sing (Ed Sheeran), numa versão em que Paulinho destaca-se pelo desempenho na guitarra, nessa mesma música o backing vocal Rafael Rangel, toma a frente e faz o rap.

 

 

No setlist Eu Quero, Eu Gosto, inédita, Wake Me Up, Avicci,  e a tão aguardada Happy , de Pharrell  Williams, levou todos à frente do palco para dançar. O fã clube paulista da banda espalha bexigas brancas no ar e os músicos voltam para o bis com Insano e Come Together, dos The Beatles, reunindo novamente, Tony, Izzy e Sam no palco.

 

O disco ainda não está disponível nas lojas, mas houve venda no show e como de praxe, os músicos atenderam todos os queriam fotos ou autógrafos sem exceção.

 

 

 

Fotos: Guilherme Lima

 

Please reload

Destaques

Clarice Falcão conduz show energizado em São Paulo

13/09/2019

1/3
Please reload

Post's Recentes
Please reload